Help!

Entramos na Era da Colaboração. A Pepsico nos pede sugestões para escolher um novo sabor de Ruffles (sugiro Ruffles Arroz a Piemontese), a Coca-Cola nos convida a fazer parte de seu novo comercial, a Fiat abre sua plataforma de criação para que os consumidores ajudem-na a desenvolver seu novo modelo, o Fiat Mio, e por aí vai.

Tá tudo muito bom, tá tudo muito bem. O futuro parece ser esse mesmo, movido ao bom e velho “a união faz a força”.

Mas e dentro de casa? Será que estas empresas ouvem seus colaboradores na hora de buscar soluções não só para suas marcas, mas para questões simples do dia-a-dia?

Um dos cases de inovação mais badalados do mercado é o Post It, da 3M. Sendo bem sucinto, é uma soma de tolerância a erros não-intencionais, com estímulo à criatividade e gestão do conhecimento. De um adesivo mal sucedido, a companhia chegou a um dos produtos mais vendidos de seu portfolio. Ou seja: uma grande ideia surgiu dentro de casa, a poucos passos do seu monitor. Talvez a alta direção contratasse dezenas de projetos a peso de ouro para obter o mesmo resultado, ou algo até inferior.

Quando falamos em Comunicação Interna, pensamos sempre em ações unidirecionais que saem da liderança para os funcionários. Criamos novas ferramentas, passamos pro digital, mas a essência quase sempre é a mesma: eu falo, você escuta.

É hora de aproveitarmos essa onda de cultura colaborativa e praticarmos a comunicação de via dupla no nosso cotidiano. Não falo de avaliação de desempenho, feedback ou pesquisa de clima. Isso é pra outro dia. Falo em caixas de sugestões, fórum de inovação, plataformas abertas e muita, mas muita conversa olho no olho e observação.

Além disso, se a empresa abrir espaço para ideias, é preciso promover a equidade na avaliação e dar o devido retorno em caso de utilização ou não da sugestão. Pior que não pedir ajuda é fazer pouco caso do apoio oferecido. Será a primeira e provavelmente última vez que seu funcionário vai dar algum palpite.

Para se instalar um ambiente colaborativo saudável, deve-se ter sempre em mente uma coisa: é preciso saber ouvir!

Ouvir é diferente de Escutar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: